A importância da Estratégia Mobile para qualquer tipo de negócio

O uso de dispositivos móveis aumenta consideravelmente a cada ano. Com a praticidade em mãos e um mercado em pleno desenvolvimento, é essencial pensar no uso mobile como a principal estratégia de marketing do negócio.
26 de agosto de 2019 / Empreendedorismo

O uso de dispositivos móveis aumenta consideravelmente a cada ano. Com a praticidade em mãos e um mercado em pleno desenvolvimento, é essencial pensar no uso mobile como a principal estratégia de marketing do negócio.

Uma pesquisa aponta que já são mais de 230 milhões smartphones ativos em território nacional, média de um dispositivo móvel por habitante. Sabe-se bem que é muito improvável que, de fato, cada cidadão brasileiro tenha um celular de última tecnologia em mãos. Precisa-se levar em consideração outros fatores e contextos sociais, onde esse número pode cair consideravelmente.

Entretanto, o fato é que a população brasileira está cada vez mais conectada no mundo mobile: segundo dados do IBGE em 2017, cerca de 93,2% dos domicílios já possuíam um telefone móvel. O smartphone já havia sido o principal equipamento utilizado para acesso à internet por 97% das pessoas, seguido pelos computadores, com um número substancialmente abaixo com 56% dos acessos.

E não para por aí: falando em smartphones e suas particularidades, somos o quarto país do mundo que mais realiza downloads de aplicativos. Em média, nós temos cerca de 75 aplicativos em nossos celulares, onde utilizamos em média apenas 30 deles. Passamos cerca de três horas por dia conectados em aplicativos.

O que se quer dizer com isso? O mobile já não é mais um gadget secundário, e sim o primário. De todas as telas com o qual nos conectamos, a tela do celular se tornou a principal. A ‘first screen’ é um dos conceitos mais abordados dentro do marketing digital: enquanto assistiam um programa de TV, usuários conectavam-se no Twitter para acompanhar o que estavam falando sobre o assunto. Hoje a realidade é diferente. Ao entrar no Twitter você descobre quase tudo que está passando, em tempo real, junto ao streaming e assinaturas digitais que podem ser acompanhadas na palma da mão, sem uma outra tela gigante ao lado.

O fato é que o mobile foi de coadjuvante para personagem principal, e é isso que o marketing de toda empresa deve se atentar. Ter uma boa estratégia mobile já não é mais opcional, e sim uma obrigação.

Mas… O que é Estratégia Mobile?

É o marketing, em sua pura essência, aplicado na realidade virtual dos dispositivos móveis, como smartphones, tablets e demais gadgets tecnológicos que surgem ao decorrer do tempo. Tem por premissa básica a experiência do usuário em primeiro lugar, levando em conta todos os contextos e peculiaridades que podem surgir durante sua navegação. 

Ao buscar por definições, atribui-se na estratégia mobile todas as funções e conceitos do marketing digital, porém voltado exclusivamente para dispositivos móveis. Deve-se pensar então em tudo que envolve esse suporte tecnológico e quais ações são necessárias para implementar a estratégia.

Entretanto, muitas vezes em diversos ramos de negócio não há bem claro o que, como e quando fazer. O que pode ser feito com o mobile? Como alcançar os objetivos do negócio dentro desse mundo conectado? Quando se faz necessário realizar ações?

Depende!

Tudo vai desenrolar de acordo com o objetivo do negócio. Esse é o ponto inicial de qualquer estratégia mobile: seu objetivo é vender produtos na internet? Anunciar algum tipo de serviço? Propagar sua marca online? Ou só atender algum propósito pessoal, mas que lá no fundo você acredita que pode render algo futuramente?

Com essas perguntas já é possível delimitar alguns pontos, como saber se o mais adequado é fazer um aplicativo ou um website responsivo, por exemplo. Com isso, inicia-se o desenvolvimento e definição das estratégias levando em conta com o que será trabalhado.

Será a estratégia bem implementada que irá potencializar o seu projeto, por isso é primordial pensar no mobile first, conceito que pensa no dispositivo móvel em primeiro lugar.

E como fazer?

São muitas etapas a cumprir, onde a médio e longo prazo os resultados poderão ser evidentes. São muitas startups que começam do zero e que, a curtos passos acabam se tornando grandes empresas. Mas também temos muitas ideias geniais que acabam não vingando, muito pela falta de investimento ou por simplesmente não sair do papel.

Recomenda-se, antes de mais nada, situar-se sobre a situação do projeto: vai sair do zero? Já é algo existente? Existem pesquisas de mercado relacionados ao assunto que possam esclarecer dúvidas? Como desenvolver? Após implementado, como anunciar ao mundo?

São muitas perguntas para responder. Tudo que você pode encontrar sobre assuntos de tecnologia, desenvolvimento e startups estão na internet. Vale conferir a procedência dos materiais, para evitar possíveis dores de cabeça ao investir em um projeto onde não há a preparação adequada.

Recomenda-se fortemente se basear em dados e estatísticas provenientes do próprio Google, onde há diversas notícias e um blog com atualizações sobre o assunto. Também pode-se basear nos dados mundiais providos pelo App Annie, referência no ramo de aplicativos para dispositivos móveis.

Precisando de um parceiro?

A Demacode é especializada no desenvolvimento de aplicativos e websites, que também pensa no lado estratégico do negócio. Não há mais como separar os conceitos de desenvolvimento e estratégia, por isso estamos constantemente atualizados em novos métodos e tecnologias para implementar em nossos projetos. Se precisar de uma mão para a sua ideia sair do papel ou potencializar o seu projeto mobile, nós temos a solução! Fale com a gente clicando aqui. ;)

Autor: Alex Wallace Pellin

Veja mais